História que a vida escreveu


História que a vida escreveu

Um famoso escritor conta a história de uma família rica, que foi convidada a passar um fim de semana na bela propriedade de uma outra família: a casa dos Winston Churchill.

As crianças se divertiam porque havia uma deliciosa piscina na propriedade.

No último dia, ocorreu uma tragédia. O menino menor quase afundou. As crianças puseram-se a gritar, procurando alcançar com as mãos o pequeno, que se afogava, mas inutilmente. Por fim, o pequeno Alexandre Fleming, filho do jardineiro, ouviu os gritos e saltou dentro da piscina, salvando assim o menino.

Quando o pai ouviu a história, sua gratidão não teve limites. Ele se dirigiu ao senhor Fleming, o jardineiro, e disse:

– Seu filho salvou a vida do meu filho, o que posso fazer pelo senhor?

– Ora, o senhor não precisa fazer coisa alguma, disse o jardineiro, meu filho fez o que qualquer outro faria.

– Mas eu preciso fazer alguma coisa pelo seu filho. Que apreciaria ele?

– Bem, desde que aprendeu a falar, tem manifestado o desejo de ser um médico.

O homem estendeu a mão ao senhor Fleming, e disse:

– Seu filho frequentará a melhor escola de Medicina que houver na Inglaterra.

E sustentou a palavra.

Ao final da Conferência de Teerã, o mundo foi sacudido com a noticia de que Churchill estava doente com pneumonia. Os meios de comunicação da Inglaterra transmitiram por toda a nação, o desejo de que o melhor médico do Império Britânico tomasse um avião para Teerã e assistisse ao Primeiro-Ministro.

Esse médico foi o Dr. Fleming, o descobridor da penicilina. Os seus esforços foram coroados de êxito.
Mais tarde, Winston Churchill eletrizou o mundo com a declaração:

“Não é sempre que um homem tem a oportunidade de agradecer ao mesmo homem por haver-lhe salvo a vida duas vezes”.

O pequeno Fleming, que havia salvo a vida do pequeno Churchill, quando este se afogava numa piscina, tornou-se o Dr.Fleming, que de novo lhe salvou a vida.

O pai de Winston Churchil jamais sonhara, que, ao dar à Alexandre Fleming a oportunidade de estudar na melhor escola de Medicina da Inglaterra, estava provendo o meio de salvar a vida do seu filho, pela segunda vez, através do mesmo homem.

(Extraída da Coleção de Pensamento de Sabedoria – A Essência do Sucesso, pág. 107, Editora Martin Claret).

____________________________________________
Muitas coisas boas acontecem em nossas vidas assim, simplesmente por ajudarmos alguém, um dia o mundo reconhece e lhe retribui algo de bom.

Essa é a grande lei da vida.

Fraterno abraço,
Rafael Ivanhes

Uma resposta para “História que a vida escreveu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s