Trabalhar… dá trabalho!


por Marcelo Ortega

Conheço muita gente que quer ter sucesso antes do trabalho. O sucesso só vem antes do trabalho no dicionário, diz o ditado.

Neste 1º. de Maio, me permita ser um pouco áspero. É fruto de minha indignação com o que vejo neste país. Sindicalistas pararam o Brasil na última sexta-feira (28 de abril de 2017) a troca de nada. Ignorância pura é faltar com respeito ao verdadeiro trabalhador, que ficou sem transporte, saúde, escola para os filhos, um transtorno generalizado. O grito das ruas não pode ser dado nos ouvidos de quem não tem nada a ver com isso. Manifestações em vão não mudam um país.

Vivemos há anos a burrice institucional, enquanto no mundo se fala hoje em inteligência artificial. Foi o que meu amigo e um bom critico de política Jovane Nunes, disse numa entrevista.

Jovane é humorista consagrado e trata de forma inteligente essa novela chamada corrupção. Eu já não consigo ter humor quando vejo gente reclamando, execrando o empresariado brasileiro, em especial o pequeno empresário, que emprega mais de 90% da população. Estamos com 14 milhões de desempregados e quem possui um emprego ainda tem que lidar com essa situação?

Meus amigos, sou vendedor, treinador de equipes de vendas, empresário há 20 anos. Emprego pessoas e ajudo empresas e terem mais resultados. Contribuo há 23 anos com a previdência e não admito que questionem meu resultado, fruto de meu suado trabalho. Não consegui minha vida profissional à custa de nada. Quem trabalha sabe o custo e o suor que precisamos ter, se quiser se manter no mercado. Mercado esse, que graças ao governo que temos, está amargando a maior crise do Brasil em todos os tempos.

As coisas podem melhorar, eu acredito no Brasil. Mas precisamos verdadeiramente escolher se vamos ficar no grupo de quem transpira, cria, emprega, gera riquezas para si e para os outros, ou se vamos nos apegar aos profetas da tragédia, que clamam pelo caos, pela desordem, pela baderna a troco de nada.

Conheço muitos vendedores que perderam suas metas do mês por causa desta baderna criada por um pequeno grupo, mas uma poderosa oligarquia do mal, que promoveu esta greve. Se você for a favor da greve, tudo bem, está no seu direito. Mas quem não era a favor, tinha que ter seu direito preservado, ter direito de trabalhar.

Estamos comemorando hoje, o dia do trabalho, sem trabalhar há 4 dias de fato. Certamente, como trabalhador e empresário que sou, não tenho motivos para celebrar esta data. Por que sofro com o momento do país, em ver pessoas que amo, admiro, que respeito, pais de família, voltando para casa sem o resultado que precisam.

Vamos celebrar aqueles que como eu, decidiram com muito esforço, sair de casa no último dia 28, e trabalhar. Aqueles que entendem que o sucesso depende de discernimento para escolher o caminho entre o que é certo ou errado, escolhendo sobretudo, não reclamar em vão ou fazer baderna que prejudique e acue a população em suas casas.

Há alguns anos, ouvi meu amigo Edilson Lopes, dizer em sua palestra: Trabalhar, dá trabalho!

E é a mais pura verdade. Por isso, parabéns a quem não teme o trabalho, o esforço e o suor que terá de que doar a serviço de suas principais causas.

Feliz dia do trabalho. E me deixem trabalhar….

Abraços
Marcelo Ortega

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s